Dormentes, Vigas, Caibros e Tábuas de Garapeira

 

 A madeira de Garapeira possui um cerne nobre e é bem resistente. Muito utilizada para móveis de alta qualidade

 

800x500_madeira-de-garapeira.jpg

 

 

A madeira de garapeira pode ser utilizada em pontes, estacas, dormentes, cruzetas, mourões, postes, vigas, caibros, como assoalhos em tacos, tábuas, parquetes e degraus de escada. Também pode ser utlizada em portas, venezianas e caixilhos. Na indústria moveleira usa-se em mobiliário de alta qualidade, cabos de ferramentas, carrocerias e vagões de trem.

 

 

 

800x500_madeira-de-garapeira_1.jpg

A Madeira de Garapeira

A madeira garapeira também é conhecida como muirajuba, barajuba, muiratuá, amarelinho, garapa, gema-de-ovo, grápia, grapiapúnha e jataí-amarelo.

A madeira garapeira apresenta um cerne que varia do bege-amarelado ao castanho-amarelado, uma superfície lustrosa e lisa ao tato, cheiro e gosto imperceptíveis, de densidade média; dura ao corte; grã revessa; textura média.

O cerne da garapeira apresenta resistência moderada ao ataque de fungos apodrecedores e alta resistência ao cupim-de-madeira-seca.

A madeira de garapeira é fácil de ser trabalhada desde que se use ferramentas apropriadas devido à presença de sílica; porém cola bem e proporciona bom acabamento.

400x530_madeira-de-garapeira_1.jpg